Fundação Faesa

logomarca-fundacao-faesa-branca

Povos originários Yanomamis e a humanidade adoecida

Os Yanomami são um grupo social de caçadores-coletores e agricultores nômades que vivem na floresta tropical do Norte da Amazônia. Acredita-se que eles tenham migrado da Ásia para a América há cerca de 15.000 anos, passando pelo Estreito de Bering. Hoje, existem pelo menos 35.000 indivíduos dessa comunidade no Brasil e na Venezuela.

Continue a leitura para saber mais sobre os yanomamis!

Os Yanomami são

• um grupo social de caçadores-coletores e agricultores
• vivem na floresta tropical do Norte da Amazônia.
• Migraram da Ásia para a América há cerca de 15.000 anos,
• passaram pelo Estreito de Bering. Hoje
• existem pelo menos 35.000 indivíduos dessa comunidade no Brasil e na Venezuela.

Essa população tem um contato limitado com a sociedade nacional, geralmente ocorrendo dentro de seu próprio território e sendo um contato relativamente recente.
Infelizmente, há décadas, essa civilização ancestral tem sofrido com uma série de crimes desumanos causados por invasores ilegais que exploram o garimpo em seu território. É importante destacar o descaso do Estado em relação aos Yanomami, especialmente no combate ao garimpo ilegal.

Conforme o Ministério da Saúde, essa atividade ilegal tem causado:

• contaminação por mercúrio em toda a vida na região,
• quase cinco mil casos de desnutrição e fome.
• Morte de pelo menos 570 crianças Yanomami nos últimos quatro anos.

A desnutrição grave não causa apenas uma perda de peso intensa, mas também resulta na falta de vitaminas e nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo. A ausência desses elementos pode causar problemas de pele, visão e até mesmo neurológicos. O pediatra Eugênio Patrício, que trabalha no Hospital da Criança Santo Antônio, em Boa Vista, relatou que as crianças Yanomami resgatadas com desnutrição “são pequenas, magras, debilitadas, com cabelos ralos e descamação na pele”.

Essa crise sanitária e humanitária não apenas demonstra o adoecimento do povo Yanomami, mas também revela como parte de nossa sociedade está doente ao permitir que algo assim aconteça. É essencial que medidas urgentes sejam tomadas para proteger os Yanomami e combater o garimpo ilegal em seu território.

A fundação Faesa nasceu para ajudar causas como essa. Nos siga nas redes sociais para mais informações sobre o trabalho, faça parte dessa mudança!